Sindical e Previdência

Segurados da Baixada têm até quarta para provarem ao INSS que estão vivos

Previdência informa que após essa data, mais 32 mil pessoas terão o benefício será bloqueado

26 FEV 2018 Por Da Reportagem 17h:38
Santos lidera o número com 10.641 pessoas que não fizeram essa comprovação de vida Santos lidera o número com 10.641 pessoas que não fizeram essa comprovação de vida / Matheus Tagé/Arquivo DL

Mais de 32 mil segurados do INSS da Baixada Santista e Litoral têm só até esta quarta-feira (28) para provarem à previdência social que estão vivos. Santos lidera o número com 10.641 pessoas que não fizeram essa comprovação de vida.

Se não tomarem essa providência esses segurados terão seus benefícios bloqueados e para conseguirem receber seus pagamentos vão ter  que fazer o desbloqueio comparecendo a um posto do INSS.

Em todo País, segundo informações do INSS, dos mais de 34 milhões de beneficiários, restam ainda 3,2 milhões de beneficiários compareceram aos bancos pagadores de seus benefícios  para realizar o procedimento.

O prazo para o comparecimento das pessoas que ainda não fizeram a comprovação de vida em 2017 terminaria em 31 de dezembro de 2017, contudo, devido ao grande número de beneficiários que ainda não realizaram o procedimento, o prazo foi estendido até 28 de fevereiro de 2018. Não é necessário ir à Agência da Previdência Social.

Esses são os números de segurados, em  alguns municípios da Baixada e Litoral, que ainda não fizeram a prova de vida. Confira:

Santos: 13.491

São Vicente: 6.115

Cubatão: 2.903

Guarujá: 3740

Praia Grande: 3.732

Peruíbe: 974

Bertioga: 489

Itanhaem: 1.307

Ilha Bela: 290

Ubatuba: 706

Miracatu: 282

Itariri: 96

Pedro de Toledo: 102

Deixe seu Comentário

Leia Também

©2018 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.
Plataforma