Polícia

Policial civil estava desarmado quando foi baleado em Santos

João Ferreira de Moura Junior, do 7º DP, foi internado em estado gravíssimo na Santa Casa de Santos

28 FEV 2018 Por Gilmar Alves Jr. 20h:09
João Ferreira de Moura Junior, de 48 anos, foi atingido no Jabaquara após sair da casa da namorada, no Morro São Bento João Ferreira de Moura Junior, de 48 anos, foi atingido no Jabaquara após sair da casa da namorada, no Morro São Bento / Reprodução/Sinpolsan

Baleado na cabeça na madrugada desta quarta-feira (28) no Jabaquara, em Santos, o policial civil João Ferreira de Moura Junior, de 48 anos, estava desarmado no momento em que foi vítima do crime.

Moura Junior foi atingido na Rua Professor Celso da Cunha Alves, após deixar a casa da namorada, no Morro São Bento. Ele foi internado em estado gravíssimo na Santa Casa de Santos.

De acordo com o registro do caso, o policial civil foi encontrado pela Polícia Militar no banco de trás de seu carro, um Chevrolet Blazer preto, e tentava se comunicar, sem êxito.

De acordo com o delegado seccional de Santos, Manoel Gatto Neto, "não se descarta nada" no atual momento da investigação.

"Há dois anos ele frequenta o morro (para ir à casa da namorada). Subia e descia com frequência e foi vítima certamente de uma emboscada", disse o delegado.

No carro do policial foram encontradas várias impressões digitais nos vidros e nas laterais.

O inquérito é conduzido pelo Setor de Homicídios da Delegacia Especializada Antissequestro de Santos (Deas).

Deixe seu Comentário

Leia Também

©2018 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.
Plataforma