Polícia

Goleiro Bruno deve deixar o regime fechado na próxima semana

Segundo o TJMG (Tribunal de Justiça de Minas Gerais) o atleta, condenado pelo desaparecimento e morte de sua amante Eliza Samudio, em 2010, será beneficiado "com a antecipação da progressão de regime".

6 OUT 2018 Por Folhapress 10h:56
O goleiro Bruno Fernandes das Dores e Souza, 33 anos. O goleiro Bruno Fernandes das Dores e Souza, 33 anos. / Fotos Públicas/Boa Esporte

O goleiro Bruno Fernandes das Dores e Souza, 33, pode sair do regime fechado para o semiaberto no próximo dia 13. 

Segundo o TJMG (Tribunal de Justiça de Minas Gerais) o atleta, condenado pelo desaparecimento e morte de sua amante Eliza Samudio, em 2010, será beneficiado "com a antecipação da progressão de regime".

Luiz Henrique Ferreira Romão, o Macarrão, também condenado pela morta de Elisa, passa a cumprir a pena em liberdade condicional.

Segundo o TJMG, a Comarca de Varginha concedeu ao atleta 24 dias de remissão de pena, por causa dos 74 dias trabalhados na Associação de Proteção e Assistência ao Condenado, localizada na região metropolitana de Belo Horizonte. 

O goleiro começou a trabalhar no local, como cozinheiro, em 20 de junho do ano passado.

A revisão do cumprimento de pena de Bruno foi assinada pelo juiz Tarcísio Moreira.

Bruno e Macarrão foram condenados, em 2013, a 22 anos e 15 anos de prisão, respectivamente.

Deixe seu Comentário

Leia Também

©2018 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.
Plataforma