Polícia

Cinco mulheres de detentos são presas ao tentarem entrar com drogas em presídios em SV

Todas foram autuadas em flagrante por tráfico de entorpecentes

1 OUT 2018 Por Gilmar Alves Jr. 18h:20
Mais de 100 gramas de pasta base de cocaína de cocaína e 31 gramas de maconha foram apreendidos com a acusada de 29 anos, na Penitenciária II de São Vicente Mais de 100 gramas de pasta base de cocaína de cocaína e 31 gramas de maconha foram apreendidos com a acusada de 29 anos, na Penitenciária II de São Vicente / Divulgação/SAP

Cinco mulheres de detentos das penitenciárias I e II de São Vicente foram presas por tráfico, no final de semana, ao tentarem entrar com entorpecentes nas unidades prisionais.

De acordo com a assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), uma das acusadas teve a prisão em flagrante convertida em preventiva em audiência de custódia nesta segunda-feira (1º). Três foram soltas após o mesmo tipo de sessão e uma delas não tinha sido passado por audiência até a tarde desta segunda.

Segundo a assessoria da Secretaria de Administração Penitenciária (SAP), mais de 530 gramas de entorpecentes foram apreendidos com as visitantes, que carregavam os tóxicos na vagina ou em calçados.

O primeiro flagrante ocorreu por volta das 9h de sábado (29), quando uma visitante foi surpreendida ao passar pelo escâner corporal com 166 gramas de maconha que trazia em um invólucro dentro da genitália. "Ao ser questionada pelas servidoras, a jovem, de 19 anos, admitiu que portava drogas no corpo e retirou o material espontaneamente, em sala reservada", informa a SAP.

Por volta das 14h, outra visitante da unidade foi frustrada com a mesma estratégia, conforme a pasta. "As imagens geradas pelo body scanner apontavam um objeto estranho na região abdominal da moça, de 20 anos, que negou carregar ilícitos. A suspeita, então, foi encaminhada ao pronto-socorro local para fazer o exame de raio-X, quando foi constatado que ela trazia 57 gramas de cocaína revestidos em fita adesiva dentro da vagina", diz a secretaria.

Na manhã do dia seguinte, ainda de acordo com a SAP, agentes de segurança encontraram porções de maconha escondidas nas tiras dos chinelos de uma visitante. A jovem, de 24 anos, é companheira de um sentenciado da P1.

"Ainda no domingo, (outras) duas mulheres foram surpreendidas com drogas dentro do órgão genital na Penitenciária II de São Vicente. Ambas foram flagradas ao serem submetidas à revista por meio do aparelho de escaneamento corporal. A mais jovem, de 20 anos, trazia 35 gramas de maconha e 136 gramas de pasta base de cocaína em um invólucro na vagina, enquanto que a mais velha, de 29 anos, carregava 31 gramas de maconha e 103 gramas de pasta base de cocaína", detalhou a secretaria.

A mulher de 29 anos foi quem que teve a prisão em flagrante convertida em preventiva.

Além da acusação por tráfico de drogas, cuja pena varia de 5 a 15 anos de reclusão, as cinco mulheres tiveram seus nomes suspensos do rol de visitas da SAP. "As direções das penitenciárias enviaram comunicados para Vara de Execuções Criminais, além de instaurarem Procedimento Disciplinar Apuratório", informa a SAP.

Deixe seu Comentário

Leia Também

©2018 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.
Plataforma