Mundo

Seis países denunciam governo Maduro a tribunal internacional

Líderes pedem que investiguem o governo venezuelano desde fevereiro de 2014 por crimes de lesa humanidade

26 SET 2018 Por Folhapress 16h:40
Líderes de Argentina, Canadá, Chile, Colômbia, Paraguai e Peru pedem investigação contra Nicolás Maduro Líderes de Argentina, Canadá, Chile, Colômbia, Paraguai e Peru pedem investigação contra Nicolás Maduro / Associated Press

Líderes de Argentina, Canadá, Chile, Colômbia, Paraguai e Peru enviaram uma carta ao Tribunal Penal Internacional pedindo que investigue o governo venezuelano de Nicolás Maduro desde fevereiro de 2014 por crimes de lesa humanidade.

Entre as acusações citadas pelo chanceler argentino, Jorge Faurie, às margens da ONU estão "detenções arbitrárias, assassinatos, execuções extrajudiciais, torturas, abusos sexuais, violações, atentados contra o devido processo". Algumas das vítimas são menores de idade, afirmou o ministro.

Se as denúncias forem comprovadas, "ficariam claramente configurados os crimes de lesa humanidade", acrescentou.

A carta pede à procuradora Fatou Bensouda que sejam investigadas acusações desde 12 de fevereiro de 2014, "para que determine se se deve acusar uma ou várias pessoas", disse o chanceler peruano, Néstor Popolizio.

Popolizio afirmou que a situação venezuelana "continua se deteriorando" e que devem ser buscados "caminhs para lutar contra a impunidade no país". 

Deixe seu Comentário

Leia Também

©2018 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.
Plataforma