Mundo

Secretário do Tesouro minimiza ataques de Trump à imprensa

Críticos de Trump, como o senador republicano pelo Arizona, Jeff Flake, dizem que o presidente está estabelecendo um precedente perigoso.

12 MAR 2018 Por Estadão Conteúdo 02h:51
Em um comício, Trump pediu que a imprensa fosse vaiada. Em um comício, Trump pediu que a imprensa fosse vaiada. / Fotos Públicas/Divulgação

O secretário do Tesouro dos Estados Unidos, Steven Mnuchin, diz que os repórteres devem prestar menos atenção aos discursos do presidente Donald Trump e mais às suas políticas.

Em um comício realizado na noite de ontem, Trump pediu a sua audiência que fosse legal com o Kim Jong Un, lider da Coreia do Norte, e usou um palavrão para se referir a um repórter norte-americano. Ele incentivou a plateia a vaiar a imprensa livre. Foi apenas o último exemplo do relacionamento controverso de Trump com aqueles que o cobriam.

Críticos de Trump, como o senador republicano pelo Arizona, Jeff Flake, dizem que o presidente está estabelecendo um precedente perigoso. Mas os defensores como Mnuchin minimizam a linguagem vulgar de Trump. Ele disse hoje em entrevista à rede de TV NBC que Trump acredita na liberdade de imprensa e na democracia, e que houve "muitos momentos engraçados" no comício.

Deixe seu Comentário

Leia Também

©2018 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.
Plataforma